Pages

23 de jan de 2010

Êxodo Rural

Todos para o caos urbano novamente. Do fundo de vielas, do estreito de travessas, da penumbra dos becos as bandas independentes atuam como protagonistas e espectadores.
O Grito Rock é o maior festival de música independente e acontece simultâneamente na América Latina. Todos os coletivos no país se organizaram para promover a versão 2010 em cada cidade. Em Ribeirão Preto, o festival acontecerá no dia 12 de fevereiro, no Armazém Esperanza, e contará com as bandas: Os Rélpis (Araraquara), Dom Amaro (Ribeirão Preto), Chimpanzé Clube Trio (São Paulo) e mais, além de discotecagem com diversos dj's.
Essa é oportunidade das bandas independentes não só tocarem, mas prestigiarem a cena assistindo outras bandas e colaborando para plantar algo de interessante nesse monte de asfalto e prédios. Plantar algo forte!
A banda ribeirão-pretana Dom Amaro viajará no dia 14 de fevereiro pra tocar no festival de Araraquara também. O Lavoura vai acompanhar os festivais da região tentando estabelecer parcerias para projetos e ações futuras. Bandas serão ouvidas e idéias serão discutidas para que consigamos mais mão-de-obra de qualidade pra música independente, ajudando assim uma produção mais farta na Lavoura Coletiva.


17 de jan de 2010

Enxadas nas mãos!

Debutando no circuito independente a Lavoura Coletiva conseguiu realizar sua festa e mostrar parte daquilo que propõe, promover as bandas que tenham uma produção autoral.
Agradecemos Berrodubio, ao Dom Amaro e O Mínimo que propuseram a todos que estiveram lá muito mais do que a indústria e os jabás podem nos enfiar guela abaixo.
Valeu ao público, que em uma noite chuvosa de sábado, teve ânimo de sair de suas secas casas e semear novas idéias. Mais do que isso, provar que o rock em Ribeirão não morreu e que existe música não só pra quem tem dinheiro, mas quem tem ouvidos.
A festa conseguiu reunir um grande público nessa noite, um publico que foi disposto a ouvir e não somente a escutar, a digerir e ajudar a cena independente na cidade.
Dessa forma, esperamos a cumplicidade de todos aqueles que se solidarizam com um trabalho em prol da música autoral. Enxadas nas mãos. Esperamos todos na próxima festa!

Obrigado a todos que lançaram suas sementes na Lavoura Coletiva!

11 de jan de 2010

No ar!

No ar o blog do Lavoura Coletiva.
Dia 16 de janeiro, a partir das 22h, acontece nosso primeiro evento com as bandas:


O Mínimo


Projeto musical que nasceu na cidade de Ribeirão Preto com a idéia de focar sua sonoridade nos aspectos mais simples do Rock, tendo nas vertentes do Punk ao Pós Punk suas principais diretrizes. A idéia para banda surgiu dos velhos parceiros musicais Joca Vita e Jefferson Barcellos, que já militam no cenário da música independente há muito tempo. Somados aos músicos Daniel Sartori e Luciana Teoro, o quarteto se solidificou e iniciou seu processo de criação. O grupo gravou o EP Aeroplano no mês de dezembro de 2008 sendo lançado em fevereiro de 2009. Com letras despretensiosas, mas cercadas de lirismo e sarcasmo, a idéia do grupo é diversão através da música. (http://www.myspace.com/ominimo)


Dom Amaro

Dom Amaro nasceu há algum tempo, não se sabe ao certo.
Mas em 2006, só depois de tanto café amargo em madrugadas tímidas é que teve algo a dizer.
Com a barba grande e histórias vividas, hoje pode ser confundido em qualquer esquina. Mas só saberá quem puder ouvi-lo.

Formada em meados de 2006, Berrodubio é uma banda (ou um coletivo caótico?) difícil de rotular. Cantando em português e as vezes em inglês, utiliza a música como meio de expansão de suas tentativas de alcançar o caos. Desprendida de tendências ou ainda da necessidade de fazer este ou aquele tipo de som, seus shows são sempre uma viagem cujo destino é sempre desconhecido. (www.myspace.com/berrodubio)

............................................

flyer: